Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Notícias

Os vencedores dos Prémios Construir 2017, galardões que distinguem as melhores empresas e obras nas áreas de Arquitetura, Engenharia, Construção e Imobiliário foram hoje revelados na sede da Microsoft, em Lisboa, com apresentação de Cátia Domingues, apresentadora do One Woman Show, do Canal Q.

A 10ª Edição dos Prémios Construir contou com o apoio da Smeg, Gyptec, Wicanders, Grohe, Enke, Recer, Bosch Sapa, Cimpor KNX, Microsoft, W.Guest, Multislide, Movielight, Canal Q e Green Media. E, ao longo da noite, distinguiu 17 obras e empresas por se terem destacado no ano de 2017 pelos seus projectos, na área de Arquitetura, o Arquivo Regional de Angra do Heroísmo é o vencedor do Melhor Projeto Público; a Adega da Herdade do Freixo é o Melhor Projeto Privado; o Convento de São Francisco de Coimbra é o Melhor Projeto de Reabilitação; e o Spaceworkers como o Melhor Atelier.

Na área de Engenharia, o Terminal de Cruzeiros de Lisboa recebeu o galardão de Melhor Projeto Público; o MAAT o de Melhor Projeto Privado; a Requalificação da Igreja de S. Francisco o Prémio Fiscalização e Coordenação; e a Coba o Melhor Gabinete.

Na área da Construção, a CASAIS foi a grande vencedora da categoria Melhor Construtora; Mota-Engil, recebeu o Prémio Internacionalização; e o Centro Santander Totta foi o vencedor do Prémio Sustentabilidade.

Na área do Imobiliário, a Nova Sede da Abreu Advogados recebeu o Prémio de Melhor Edifício de Escritórios; o Cine-Teatro Capitólio como o Melhor Espaço Comércio e Serviços; o 8 Building foi o vencedor do Melhor Edifício Residencial; o Agroturismo em Melgaço como o Melhor Empreendimento Turístico; e a CBRE foi a vencedora da Melhor Consultora.

Green Media
Facebook Linkedin Twitter Google + Pinterest