Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. + sobre cookies

Notícias

Maior evento de sustentabilidade do país começa amanhã e estará presente no Centro de Congressos do Estoril e Fiartil até domingo

O maior evento de sustentabilidade a nível nacional, o GreenFest, começa amanhã, no Centro de Congressos do Estoril e Fiartil, e traz a Portugal as referências do setor ambiental, Erik Huss, Calixto Suárez e Leyla Acaroglu. A iniciativa, que terminará no próximo domingo, abordará igualmente temas como a mobilidade, alimentação saudável, moda, tecnologia ou bem-estar em diversas apresentações, workshops e exposições.

Erik Huss, especialista em comunicação climática na Suécia, um dos países mais evoluídos ao nível da sustentabilidade e alterações climáticas, irá marcar presença na Conferência de Abertura, dia 11 de outubro às 10 horas, em representação do Think Tank Sueco Fores. O também CEO da empresa Husstainability, que ajuda a indústria a adoptar modelos de negócio mais sustentáveis, irá participar na Conferência de Abertura do GreenFest juntamente com Anders Erdal, embaixador da Noruega em Portugal, Helena Pilsan Ahlin, embaixadora da Suécia em Portugal, Miguel Herédia do Oceano Azul, Elizabeth Silva da Comissão Nacional da UNESCO em representação dos Geoparques nacionais, João Pedro Tavares, presidente do IES, Arlindo Oliveira, presidente do IST, Mariana Ribeiro Ferreira, presidente da Grace, Luísa Schmidt, investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e de Joana Balsemão da Câmara Municipal de Cascais.

Já Calixto Suárez, representante e defensor da cultura indígena colombiana, cuja importância ao nível da preservação da biodiversidade é reconhecida internacionalmente, pois 80% da biodiversidade do Planeta Terra encontra-se nos territórios ancestrais indígenas, irá fazer a sua apresentação no dia 13 de outubro, pelas 11 horas, no Generate Knowledge Forum. O ativista abordará as potencialidades da natureza como um laboratório vivo com mais de quatro mil milhões de anos, o tema da importância da preservação dos ecossistemas naturais e partilhará o conhecimento das culturas indígenas, património da humanidade e parte da diversidade cultural humana, que está constantemente submetida a fortes pressões devido à globalização tentando trazer uma perspetiva diferente sobre o valor da natureza e o valor do pensamento humano.

No último dia do evento, a ativista autraliana Leyla Acaroglu, palestrante reputada internacionalmente e “Champion of the Earth” (distinção atribuída pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - PNUD), irá discursar pelas 16 horas, sobre os avanços do estilo de vida sustentável dos cidadãos, lembrando que todas as pessoas do planeta são responsáveis por redesenhar o espaço em que habitam, através do tipo de produtos, serviços e culturas que adoptam.

 

A 11ª edição do GreenFest vai contar com diversas áreas temáticas, entre elas: Green Houses, espaço para que se conheça a melhor maneira de tornar as casas mais eficientes e sustentáveis; Green Communities & Citizenship, área dedicada às soluções sustentáveis nas cidades e outras comunidades; Going Healthier, zona dedicada ao estilo de vida saudável onde a nutrição e combate ao sedentarismo estão bem presentes; Green Travelling, onde a mobilidade e os locais mais green do planeta têm destaque; Generosity, espaço multidisciplinar que convida o Estado, ONG’s, Sociedade Civil a mostrar as melhores práticas da economia social; Green Market com uma mostra de produtos biológicos, comércio justo, upcycling, artesanato sustentável, entre outros; Green Innovation & Entrepreneurship, área onde se poderá encontrar projetos inovadores que ajudarão no desenvolvimento de sociedades mais prósperas e Generate Knowledge, um espaço dedicado ao conhecimento, à formação, investigação e ao desenvolvimento cognitivo.

Em adição, o festival, que terá entrada livre nos dois primeiros dias e um custo de 3 a 5€ durante o fim-de-semana, contará com várias exposições, como por exemplo a instalação de um esqueleto de uma baleia gigante feito com plásticos recolhidos nas praias, por parte da artista plástica Ana Pego, sessões de Yoga e Meditação, concertos, workshops e apresentações de práticas sustentáveis e saudáveis nos mais variados setores da sociedade.

A iniciativa pretende ligar os avanços tecnológicos com um desenvolvimento circular, social e de partilha de ideias, experiências e melhores práticas sustentáveis, contribuindo desta forma para uma maior visibilidade de projetos de empresas, instituições, e cidadãos que têm o futuro sustentável em mente.

Green Media
Facebook Linkedin Twitter Google + Pinterest

Tem um projecto em mente?

Teremos o maior prazer em concretizá-lo.